Grande Prémio de Natal (Lisboa, 2010)

Mais uma prova que repeti em relação ao ano passado, embora o percurso deste ano fosse mais curto.

Ia com alguma curiosidade para ver se alguma coisa iria correr mal em termos organizativos, porque esta prova no ano passado deu alguma barraca (*).

O percurso desta prova é muito interessante porque passa em zonas tipo Saldanha, Campo Grande, Marquês de Pombal, Av. da Liberdade e Restauradores, que tipicamente estão cheias de carros. A prova é muito rápida devido às características do percurso que a partir do 6º Km (segunda passagem no Saldanha) é sempre a descer.

O percurso apenas tem uma dificuldade que é o sobe-e-desce dos túneis, mas para raramente faz um treino sem subidas, acaba por ser inconsequente :).

O tempo estava fresco, o que ajudava a correr mais rápido.

Comecei lento, mas depois fui metendo um ritmo mais forte. Quando cheguei ao 6º Km foi descer de forma controlada até lá abaixo. Ao chegar à meta lá fiz um sprint para a fotografia, mas dois senhores resolveram tapar-me o caminho, pelo que tive de dar uns passos para o lado e entrar novamente no sprint para cruzar a meta. Quando passei nem me lembrei de parar o relógio, mas parei-o pouco depois, quando marcava 38:06 (min). O Garmin diz que o percurso tinha 8.76 Km.

(*) A barraca de 2009

No ano passado as pessoas foram sendo “paradas” antes da meta para ficarem numa fila para poderem cortar a meta. Esta fila foi crescendo e quem chegava mais tarde ia ficando cada vez mais para trás. Eu, por exemplo, fui parado a 20 ou 25 metros da Meta, quando ia com 43 minutos e qualquer coisa. Esses 20/25 metros foram feitos a caminhar, em fila indiana. Quando efectivamente passei a Meta, ia com 48 minutos…

De volta a 2010

Desta vez não dei por problemas de maior, embora algumas pessoas se estivessem a queixar da forma como estava organizada a saída da meta até à zona dos brindes. Admito que andar ali às voltinhas na praça foi chato, mas ao menos evitou o problema da fila para cruzar a meta…

Relativamente ao percurso, e comparando com 2009, tive alguma pena por terem retirado a volta à Praça D. Pedro IV, que no ano passado achei que era porreira para acalmar o ritmo depois de uma descida rápida desde lá de cima do Saldanha. Espero que no próximo ano voltem a integrar essa volta no percurso.

De qualquer forma, suspeito que no próximo ano vou repetir :).

PS: Esta foi a minha 15ª prova deste ano. Ainda pretendo fazer mais 2 até ao final do ano.

PS2: Levei 3 “acompanhantes” para esta prova: o Osvaldo, o Rodolfo e o Amilcar (pai dos dois anteriores). O Luís (o tal que se estreou na Luzia Dias) era para ir mas ficou doente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: