Marginal à Noite (2011)

De regresso à Marginal, após o treino da semana passada, para correr ao fresquinho e com pouca luz.

O percurso é o do costume: começa na Praia de St. Amaro, vai até Caxias (“Curva do Mónaco”) e regressa novamente até à Praia de St. Amaro.

Estava montes de gente na corrida. A organização falou em 4810 pessoas inscritas. Esta corrida está a ficar muito popular. Tão popular que, durante os primeiros 500 metros, tive de andar ali aos saltinhos de um lado para o outro da estrada, para conseguir progredir… enfim, já estou habituado :).

Depois disso foi sempre a rolar até chegar ao ponto de retorno do quarto quilómetro (na tal curva do Mónaco). Um bocadinho depois deu-me a dor-de-burro que me costuma atacar nestas provas nocturnas / após o jantar. Tenho de rever a minha alimentação nestes dias e fazer refeições muito mais leves. Lá fui fazendo massagens para reduzir a dor, mas não consegui evitar alguma perda de ritmo. A dor lá foi passando e por volta do sexto quilómetro já estava a correr normalmente.

Por essa altura ouvi um senhor a dizer que tinha feito há poucos dias uma prova de 100 Km. Juntei-me logo a ele, para aproveitar aquele “espírito guerreiro”. Fomos lado-a-lado durante um bocado, até que o senhor resolve mudar para o lado direito da faixa e, ao fazê-lo, prega-me uma pequena rasteira. Não caí, pediu-me desculpa e seguimos.

Apertei o ritmo para fazer os últimos 1000 e tal metros. Antes da recta da meta há uma descida, pelo que foi deixar a gravidade ajudar as pernas… No final foi só sprintar para a a meta.

O Garmin marcou 7.80 Km feitos em 35:42 (min).

Estou satisfeito com a prova, embora continue a notar a perda de forma. Com a forma que tinha há dois ou três meses teria feito muito melhor tempo… mas pronto, quem não treina minimamente não se pode queixar nem pode esperar que a forma continue intocável…

Esta é a minha corrida favorita na Marginal (acho que já as fiz todas). A Marginal costuma ser um sítio desgraçado para correr de manhã, porque causa do calor, apesar de ter uma vista muito bonita (praias, sol, etc…). Passar ali à noite é do melhor. Até o vento contra é mais ou menos agradável. Só tenho pena que isto não seja uma Meia-Maratona (até porque estou com saudades / a precisar de fazer uma :)).

Anúncios

2 Respostas to “Marginal à Noite (2011)”

  1. eRui Says:

    Viva,

    Tendo em conta as peripécias da prova e a falta de treinos quer me parecer que efectuaste uma excelente performance, parabéns!
    É interessante ser já o segundo GARMIN que vejo a marcar precisamente 7.80km quando supostamente a prova teria 8km, isto só vem acentuar a excelente precisão que os relógios com GPS fornecem na actualidade.

    Continua e bons treinos!

    • thenewroadrunner Says:

      Olá Rui, obrigado pelo comentário.

      Em relação ao Garmin e ao percurso da Maginal à Noite, já no treino “oficial” da semana passada aquilo estava à volta dos 7.8 Km quando passei ali na zona da meta (eu nesse dia continuei a correr até fazer os 8 Km porque a estrada estava toda livrre). O próprio site da organização da corrida indica que os 8 Km são aproximados.

      Já estou convencido em relação ao Garmin 305 há muito tempo :).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: