Archive for Agosto, 2011

Plano de treinos para a Maratona – 1º mês

Agosto 30, 2011

Introdução

Fiz hoje o 17º treino do plano, que coincide foi o último treino do mês de Agosto. Faltam-me neste momento 52 treinos, num total de 535 km  (640 – 105).

Vou aproveitar para fazer aqui um pequeno resumo deste primeiro mês.

Comentários gerais

Não tenho andado cansado nem tenho tido grandes dores (nem das musculares, nem  das “chatas”). Fiz todos os treinos que estavam planeados para este mês, no dia em que estavam planeados. Tenho respeitado os dias de descanso do plano.

A única “aldrabisse” que tenho feito é correr sempre um pouco mais do que diz o plano (tipicamente cerca de 500 m). Faço isto para compensar eventuais erros de medição do GPS (prefiro correr um bocado mais do que correr menos). Na prática isto significa que tenho feito mais alguns km do que o que estava no plano. À medida que for conhecendo melhor os percursos que ando a fazer (e que for tendo certeza das distâncias) vou começar a retirar estes “extras”.

Tenho feito os treinos em terrenos muito variados (terra batida, asfalto, gravilha e até tartan) pois ando a tentar evitar o asfalto, na medida do possível.  Também tenho variado as inclinações não só para variar os músculos que uso mas também para introduzir variedade nos treinos.

O facto do plano ter muitos treinos pequenos (5 km) ajuda bastante. Curiosamente, antes de começar o plano, eu raramente saia de casa para fazer 5 km… mas realmente é difícil arranjar desculpa para não ir fazer 5 km.

Não sou grande apreciador de horários e calendários, mas pretendo fazer bem o “trabalho de casa”. Apesar disto, estou um bocado surpreendido por não me ter baldado a um único treino do plano. Para isto também contribuiu o facto de este mês ter tido uma disponibilidade grande em termos de horários (neste momento até estou de férias).

Vamos ver se durante o próximo mês me consigo cumprir o plano de forma certinha. O segundo mês tem mais treinos e maior distância (18 treinos, 147 km) portanto também será um desafio maior.

Dificuldades

Tenho tido alguma dificuldade em manter ritmos lentos nos treinos em que o devo fazer. Foram uns quantos meses sempre a pedir velocidade ao corpo; Agora estou-lhe a pedir para ter calma. Percebe-se a confusão :).

O relógio da Garmin ajuda, mas basta uma distracção para começar a passar para ritmos mais ágeis. Para dar a volta a isto arranjei companhia para alguns treinos. Aqui tenho de agradecer ao Osvaldo e ao Luís pela companhia que cada um me fez em alguns treinos. Mais recentemente já me tenho conseguido controlar melhor, mesmo sem companhia, o que é bom. Em Setembro tenho de consolidar este trabalho, porque mesmo na prova terei de me contar muito durante uma quantidade muito grande de quilómetros.

Outras notas

As dores de costas foram-se, como de costume. Nos três meses anteriores, nos quais corri muito pouco, andava a ter algumas dores. Quando voltei novamente a fazer vários treinos por semana, as dores limparam. Só por isto já vale a pena correr 4 vezes por semana.

Já sinto a forma física a voltar. Noto isto principalmente nas subidas, porque consigo fazer subidas inclinadas em ritmo forte.

Provas

Não se pode ter tudo portanto alguma coisa tinha de cair.

Os treinos longos ao Domingo dificultam a ida a provas, pois é difícil arranjar provas com a mesma distância do treino longo. Como eu não quero andar a aldrabar o plano, neste início de época farei muito poucas provas.

Para já, apenas estou inscrito na Meia-Maratona de Portugal (Ponte Vasco da Gama) do próximo dia 25 de Setembro. Só me inscrevi porque o próprio plano de treinos pedia uma Meia-Maratona para esse dia… portanto calha bem.

Depois da Maratona (4 de Dezembro) devo voltar a participar em provas de atletismo popular com mais regularidade.

E pronto… até à próxima 🙂

Corrida do Sporting – informações

Agosto 28, 2011

Foram divulgadas ontem as informações sobre as várias provas da Corrida Sporting que se estreia este ano, mais concretamente a 16 de Outubro.

O site oficial da prova é o seguinte:

http://www.corridasporting.com/

Eu gostava de lá ir, mas o meu plano de treinos para a Maratona diz que nesse dia tenho de fazer 25 Km. Para lá ir teria de antecipar (ou atrasar) esse longo. Logo se vê 🙂

De resto, é interessante ver que continuam a aparecer corridas novas todos os anos, o que comprova o crescimento da modalidade.

O (novo) Objectivo

Agosto 5, 2011

Tenho andado meio arreado do mundo da corrida. Por falta de tempo, por falta de ânimo, por falta de motivação… enfim, por vários motivos.

Como consequência, não tenho participado em provas e também tenho treinado muito pouco. Em Maio corri apenas três vezes, em Junho outras três e em Julho, para não variar, mais três. Com esta falta de treinos veio uma baixa de forma e algum aumento de peso. Nada de anormal, mas nada de desejável ao mesmo tempo.

Mas chegou Agosto. E com Agosto chegou o início de um plano de treino para atingir um (ou o “o”) objectivo especial que já tinha no fundo da cabeça há algum tempo: correr uma Maratona.

Correr uma Maratona não é brincadeira. Exige um trabalho prévio de vários meses para habituar, de forma crescente, o corpo ao esforço prolongado e preparar o mesmo para optimizar a utilização de energia.

Para preparar esta tarefa, estou a usar o plano para iniciantes do Carlos Fonseca. É um plano de 4 dias por semana, com um treino longo ao Domingo. Ao todo são 69 treinos, num total de 640 km, percorridos em 18 semanas. Após estes treinos todos, vem a Maratona propriamente dita. Quarenta e dois mil, cento e noventa e cinco metros de bater com os pés no chão.

Fiz hoje o 3º treino deste plano. Portanto, dos tais 69, faltam-me 66. Coisa pouca :).

E pronto. Agora é respeitar o plano (mas sem exageros obsessivo-compulsivos) e esperar que o corpo reaja bem, para no dia 4 de Dezembro de 2011 estar na linha de partida da Maratona de Lisboa preparado para cumprir o objectivo. Vamos lá ver o que sai daqui :).

PS: Recomendo vivamente o site do Carlos Fonseca. Além do plano, o Carlos apresenta a “teoria” por trás da coisa. É uma boa fonte de informação para quem for curioso ou para quem não se quiser limitar a seguir um plano.