Corrida do Guincho (2012)

“Entre Serra e Mar” era o sub-título desta Corrida do Guincho, organizada pela Sociedade de Instrução e Recreio de Janes, ao pé da Malveira da Serra. A prova prometia alguns trilhos e já tinha lido algures que tinha uma “subida impossível”.

A corrida começou numa zona de asfalto com um perfil bastante fácil. Comecei num ritmo calmo, quase de aquecimento. Antes do final do primeiro quilómetro entrámos numa zona de terra batida que tinha algumas descidas e onde de vez em quando havia alguém quase a cair… Nesta zona alguém que ia atrás de mim escorregou, o que me chamou à atenção para o perigo de ir ali na confusão, pelo que resolvi apertar um bocado um bocado o ritmo e ir mais para a frente.

Pouco depois tivemos de descer para uma espécie de canal. Na entrada, alguém da organização disse que “este ano está seco” e pelos vistos isso eram boas notícias. O chão era muito irregular e estava cheio de pedras e era preciso algum cuidado para não escorregar ou meter o pé no meio das pedras. Realmente com água ou lama aquilo deve ser bem pior, porque perde-se noção do caminho.

Depois disto houve uma passagem por dentro de um túnel. Pormenor engraçado: o túnel estava iluminado por pequenas tochas colocadas no lado direito.

Logo na saída do túnel havia alguma lentidão, com algumas pessoas a fazerem fila para passar uma pequena ponte de madeira (se tivesse saltado aquilo tinha ido mais depressa). Era aqui a marca do 2º km que foi logo inaugurado com mais uma subida. A partir daqui o percurso ficou simples, embora de vez em quando houvesse uma pequena subida.

Perto da zona das praias entrámos num trilho no qual só dava para passar uma pessoa de cada vez. Nesta zona havia mais uma vez algum congestionamento, pois havia pessoal um pouco mais lento que ia à frente a tapar o caminho. De vez em quando havia umas zonas onde dava para fazer ultrapassagens, e eu ia aproveitando isso para ir um pouco mais rápido.

Também havia um par de zonas em que, de repente, era preciso descer, e isso voltava a tornar o percurso mais lento. Zonas de descida estavam a ser lentas. Mal sabia eu como seriam as subidas…

Passei então à parte em que era para subir. Estava por volta do 6º km e apareceu-me pela frente mais uma zona longa daquelas em que só passa uma pessoa de cada vez. Lá fui eu, subida a cima, sempre a correr. Às vezes quase parava em resposta à malta da frente, mas maioritariamente conseguia ir a correr.

A certa altura vejo muita gente a parar para andar. “O que é que eles sabem que eu não sei”, pensei. Continuei a correr.

Um pouco mais à frente, acho que por volta da marca do 7º km, estava numa subida muito íngreme, o chão não ajudava e já vinha cansado… lá decidi fazer alguns metros a andar. Fiz essa subida a andar e voltei a meter-me a correr numa subida menos íngreme que apareceu logo a seguir. Mas não durou muito até voltar a meter-me a andar.

A certa altura, cheguei a um cruzamento numa estrada e voltei a correr normalmente até chegar à distribuição de água. A zona de distribuição de água estava colocada após uma subida à qual se seguia mais uma subida, esta ainda mais íngreme. No sentido contrário vinham pessoas da caminhada e uma delas disse algo do género “Têm aqui uma grande subida, preparem-se.”. Alguns metros depois voltei a caminhar… e um longo caminho foi.

Aquilo não era uma subida, era um muro.

Não sei quanto espaço percorri, mas foi bastante, e foi bastante lento. Do pessoal que ia à minha volta ninguém estava a correr. Foi passado por dois participantes que iam a andar mais rápido do que eu, mas não vi ninguém a correr. Não era nada fácil.

Chegado lá cima o percurso voltou ter alguma descida. Meti-me a correr, mas estava com as pernas tão cansadas que não consegui ganhar grande ritmo. Mas também não era por aí, porque pouco depois aquilo voltou a subir. E novamente a descer.

Eventualmente lá cheguei à marca do 10º Km, que me pareceu estar mal marcado e muito cedo em relação ao 9º (o meu Garmin ia com 9500 e tal nessa altura). Nesta zona já estava a conseguir correr melhor.

Eventualmente entrámos numa zona de mato fechado. À entrada, um membro da organização disse que o chão não estava grande coisa. Fiquei curioso para ver o que ia sair dali.

O que saiu foi um dos trilhos mais porreiros por onde já corri. Era uma zona tipo mato, com montes de pedras para evitar e árvores para contornar. Muito fixe e a melhor parte do percurso. Felizmente esta parte era no sentido descendente.

Saindo desta área mais fechada entrou-se numa zona muito rápida, sempre a descer. Mas ainda havia mais um par de subidas pela frente, até chegar à descida final.

Entrando na descida final a prova estava feita. Foi só descer, aproveitando a gravidade para ir mais rápido e depois ganhar balanço para a subida da meta…

No final o meu Garmin marcava 11.77 Km feitos em 1h14m20s. Se fosse uma prova de estrada, este tempo era uma bela treta. Sendo uma prova de trail e ainda por cima tendo aquela “Sra. Parede”, é um resultado satisfatório.

É uma bela prova, com um percurso bem duro. Espero lá voltar no próximo ano e dessa vez espero conseguir passar menos tempo a andar e mais tempo a correr :).

Anúncios

5 Respostas to “Corrida do Guincho (2012)”

  1. Corre como uma menina Says:

    Parabéns! Deve ser mesmo uma experiência que vale a pena! Pelo que vi de algumas fotos, a zona é muito bonita.
    Para o ano estou lá! 🙂

    • thenewroadrunner Says:

      Olá, fazes bem em lá ir em 2013 pois é uma prova “potencialmente divertida”. Aconselho-te é a fazer algumas corridas de treino específico (fora de estrada) para habituares os pés ao piso irregular.

      Eu costumo treinar no meio de calhaus e mesmo assim hoje ainda estou com dores nos pés…

  2. Opires Says:

    Só de me lembrar da Parede fico mal disposto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: